Livros para entender o mundo

Tá difícil acompanhar tudo que está acontecendo no mundo? Você não está sozinho. Esse ano começou com aquela vontade de jogar tudo pra cima e bagunçar os livros de história. Pensando nisso a Toska Literatura separou algumas sugestões de leitura que podem te ajudar a compreender o que está acontecendo com um pouco mais de profundidade e perspectiva. Afinal de contas, leitura nem sempre é escapismo, mas sempre pode ajudar a descobrir nossa rota de fuga.

O Capital no Século XXI, de Thomas Piketty

Já diziam as filósofas baianas da escola econômica do Bom-xibom-xibombombom: “analisando essa família hereditária, quero me livrar dessa situação precária (…) a verdade todo mundo já conhece: o de cima sobe e de baixo desce”. Thomas Piketty, professor na Escola de Economia de Paris, não é um nome tão conhecido no circuito do Farol da Barra, mas publicou uma obra fundamental para quem quer entender a desigualdade social no novo milênio. O livro, apesar de amplamente aclamado e influente, também é polêmico em suas ideias de aumentar os impostos dos ricos para compensar o abismo entre as classes sociais. Como tudo que tem a ver com orientação política, Piketty tende a ser mais bem aceito pelo pessoal que já achava que As Meninas tinham razão. Ainda assim, é uma leitura útil e necessária para quem quer ir além dos memes de Facebook nas suas discussões politizadas.

 

 

Sem lugar para se esconder, de Glenn Greenwald

Nada mais desagradável do que gente fuxiqueira. Imagine então um país inteiro cuidando da vida dos outros? Esse Big Brother das trevas saiu da ficção científica e virou pesadelo da vida real quando Edward Snowden, ex-integrante da NSA, a agência de segurança americana, resolveu vazar os documentos que comprovam que os espiões americanos estão de olhos e ouvidos bem atentos nos negócios de todo mundo.

No livro escrito pelo jornalista Glenn Greenwald, Snowden conta como e por que resolveu abrir o bico, e como isso o levou a passar umas férias compulsórias num aeroporto na Rússia. É como um conto de horror, só que, no lugar do Freddy Krueger, quem está à espreita na sua conta do Google é o Obama. Arrepiante.

 

A ditadura envergonhada, de Elio Gaspari

Por falar em arrepios, os protestos e panelaços dos últimos dias foram pontuados pelo surgimento de uma ou outra pessoa saudosa da ditadura militar. É verdade que a memória é seletiva e nostalgia tem um impacto estranho na nossa percepção de passado. Durante três décadas, o jornalista Elio Gaspari reuniu documentos e fez uma exaustiva pesquisa sobre o governo militar no Brasil. O resultado foi um conjunto de quatro volumes que compõe uma obra sobre a história recente do país. O primeiro deles, A ditadura envergonhada, é a singela história dos primeiros anos após o golpe de 1964, quando os militares ainda estavam tímidos no emprego da palavra “ditadura” como seu modelo administrativo. Com a invenção do AI-5 em 1968, eles pensaram: “gente, pra que fingir, né?” Os outros títulos da coleção são: A ditadura escancarada, A ditadura derrotada e A ditadura encurralada. Em todos eles estão os top hits do regime, como os relatos de tortura e a violência como forma de réplica política. Além de uma leitura envolvente e esclarecedora, é um ótimo presente para aquele seu tio que adora fazer discurso sobre “os bons tempos” na mesa de domingo.

 

A Fênix Islamista: o Estado Islâmico e a reconfiguração do Oriente Médio, de Loretta Napoleoni

Não importa se você Je suis Charlie ou Jamé suis Charlie. Uma coisa é certa: parece que o Oriente Médio foi criado para fundir a cuca do ocidente. A expert em terrorismo Loretta Napoleoni mostra que, por mais que a mídia teime em retratar o Estado Islâmico como uma torcida organizada de turbante, o buraco é bem mais embaixo. Não se trata mais de conquistar o Oriente Médio, a Ásia e mais 24 territórios à sua escolha. “O Estado Islâmico não é apenas mais uma rede terrorista, mas um inimigo implacável”. Uma leitura bem relaxante para o seu feriado.

 

Clique e aproveite o preço especial

Fausto Silva & Outras Tretas, de Rodrigo Espírito Santo

Uma  divertida e instigante seleção de ensaios que buscam procuram examinar tretas famosas e polêmicas por diferentes pontos de vista. Alguns deles vão conformar com sua visão do mundo. Ao final destes, você vai adorar ter comprado esse livro. Outros vão fazer você querer dar um tapa na cada do autor (não fazemos devolução do dinheiro. Sinto muito. A direção). Mas, se tudo correr bem, ao final da obra, você ficará surpreso com suas inusitadas maneiras de observar o mundo. Sem treta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s