Conselhos de Walter Benjamin para novos autores

Cada autor de sucesso acaba descobrindo uma forma diferente de aprimorar o próprio processo da escrita. Mas alguns dos conselhos mais peculiares podem ser encontrados na obra do lendário filósofo, crítico e ensaísta alemão  Walter Benjamin. Confira alguns dos seus conselhos.

-Fale sobre o que você está escrevendo, mas não o releia antes de sua conclusão.

-Não deixe ideias passarem desapercebidas. Mantenha um caderninho e tome notas com a mesma rigidez que as autoridades controlam os estrangeiros.

-Discurso conquista pensamento, mas a escrita o comanda.

-Nunca pare de escrever porque suas ideias acabaram. A honra literária requer que você só pare na hora marcada (para o almoço, ou uma reunião) ou ao final do trabalho.

-Preencha as lacunas da inspiração copiando cuidadosamente o que já foi escrito. A intuição acordará durante o processo.

-Nulla dies sine linea [‘nenhum dia sem uma linha’].

-Não escreva a conclusão de um trabalho no mesmo lugar em que você escreveu todo o resto. Você não achará a coragem necessária lá.

-A ideia mata a inspiração, o estilo restringe a ideia, a escrita recompensa o estilo.

-O trabalho concluído é a máscara mortuária de sua concepção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s