Cinco livros para o dia internacional da mulher

Em tempos de empoderamento, mandar flores no dia da mulher chega até a pegar mal. Até porque se trata de uma efeméride para lembrar a importância de igualdade e da liberdade, e não aquela celebração da fragilidade e da delicadeza dos tempos da sua avó. Pensando nisso, a Toska Literatura selecionou cinco leituras inspiradoras escritas por mulheres para mulheres de todas as idades. Confira.

Tina Fey: A poderosa chefona

Tina Fey era só uma jovem com um sonho – um pesadelo recorrente em que ela era perseguida em um aeroporto por seu antigo professor de educação física. Ela também tinha o sonho de, um dia, ser comediante na TV. Ela viu esses dois sonhos se tornarem realidade. Finalmente, a história de Tina Fey pode ser contada. De seus dias de adolescente nerd depravada até se tornar chefe do Saturday Night Live; de sua busca pouco entusiasmada pela beleza física até sua vida como mãe que come coisas do chão; de seu romance não correspondido no colégio até sua lua de mel quase mortal. Tina Fey revela tudo e prova: você não é ninguém na vida até alguém chamá-lo de ‘chefe’.

 

Meu pescoço é um horror

A premiada autora nos dá uma visão crua sobre criação de filhos, cozinhar refeições solitárias e o inevitável sentimento de proximidade da morte. Seu humor seco revela verdades sobre a vida e oferece frases que você vai querer compartilhar no Facebook.

 

2 P/ Mim

Com uma série de exercícios práticos voltados ao autoconhecimento, “2 P/ Mim” é baseado numa metodologia online que já atingiu mais de 80 mil mulheres no Brasil. Natália Leite é jornalista e nasceu em Brasília. Atualmente, trabalha na rede Record de Televisão, é mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília e sócia da Escola de Você, uma rede de empoderamento feminino.

 

O que eu sei de verdade

A apresentadora Oprah Winfrey fala sobre as lições que aprendeu com situações do passado. O objetivo central da autora é estimular as leitoras a sempre serem o melhor que puderem, dando o seu melhor para conseguirem alcançar tudo o que almejam.

 

The Kiss of Deception – Crônicas de Amor e Ódio  

A introdução à história da Primeira Filha do Reino de Morrighan, a princesa Lia; uma personagem que é uma quebra de estereótipos ambulante. O grande número de personagens femininas do livro também chama a atenção. The Kiss of Deception aposta no protagonismo feminino, apresentando uma protagonista forte e uma gama de personagens femininas únicas e autossuficientes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s